Tesouro Direto hj

Guia rápido para aprender tudo sobre o Tesouro Direto

Grande parte dos novatos no ramo de investimentos começam com o Tesouro Direto. Popularmente conhecido como o investimento democrático, é possível começar investir sem qualquer conhecimento avançado e com quantias pequenas.

Conheça os principais detalhes sobre o Tesouro Direto e comece agora mesmo a investir. 

O que é Tesouro direto?

O Tesouro Direto é um programa público que surgiu em 7 de janeiro de 2002. Sua proposta era democratizar a venda e compra de títulos públicos para pessoas não jurídicas por intermédio da Internet. Sendo composto por títulos federais; ativos de renda fixa oriundos do Tesouro Nacional.

Através da aquisição desses títulos públicos, é possível investir na compra e posteriormente obter retorno imediato ou de acordo com os fatores econômicos da época. Tal como o nome sugere, é popular pela sua democratização: existem títulos começando por R$ 30.

Existem diferentes tipos de Tesouro Direto, e através da própria plataforma pode ser averiguado os disponíveis; a fim de reconhecer o melhor título em razão do perfil de investimento do usuário.

tesourodireto-melhor-que-poupança
tesourodireto-melhor-que-poupança

Quanto paga o Tesouro direto?

Depende do tipo de título escolhido. Cada título possui seu valor de compra e retorno. Visando que de acordo com o tipo de título, irá depender da inflação do período do saque.

Como funcionam os títulos?

O Tesouro Direto está atrelado a diversos fatores econômicos. Tal como o contraste entre preço e rentabilidade, e diversos outros custos inclusos no meio de investimento. Sabendo que no momento da compra do título, o cliente está ‘financiando’ uma dívida federal.

Dessa maneira, estará garantindo uma parte do dinheiro em retorno, com um valor atrelado a ele; que de acordo com o título e condições poderá aumentar ou diminuir.

Todos os investidores podem comprar ou resgatar títulos nos dias úteis; em horário comercial e com os preços atualizados.

Quais os tipos de Tesouro direto?

Existem três tipos de Tesouro Direto, sendo eles os grupos de títulos: prefixados, pós-fixados e híbridos. Todos possuem suas peculiaridades, que serão narradas logo mais em questão.

  • Prefixados: no momento da aquisição do título, o comprador sabe exatamente o valor que irá receber no momento do retorno do investimento; isto é, realizando o resgate no momento do vencimento do título.
  • Pós-fixados: o valor investido encontra-se entrelaçado a um indexador variante; isto é, que possui critérios para remuneração, e só saberá o valor exato no momento do resgate.
  • Híbridos: como o próprio nome sugere, encontra-se misturado com os dois tipos de títulos. Ou seja, parte do dinheiro investido volta de maneira fixa, e o restante atrelado à variante inflação.

Portanto, investir no Tesouro Direto é algo recorrente e simples. Mas a priori, pode parecer assustador; mas com um pouco de instrução é possível e em questão de segundos qualquer pessoa pode se tornar um excelente investidor; visto que é uma modalidade democratizado, ou seja, qualquer brasileiro pode ter acesso. 

tesouro-direto
tesouro-direto

Visto que através do site oficial Tesouro Direto, pode ser obtido todas as informações necessárias para introdução no mundo dos títulos públicos federais. Ademais, o que está esperando para começar a investir agora mesmo no Tesouro Direto?